Cadeias de 'fast food' ganham terreno

Com as tradicionais saídas para jantar fora reduzidas ao mínimo para poupar dinheiro, são os restaurantes de fast food quem mais tem ganho com a crise. No ano passado, todas as grandes cadeias de alimentação de baixo custo registaram subidas nas vendas.

De acordo com a McDonald's Portugal, em 2009 as vendas da marca no nosso país atingiram 270 milhões de euros, mais 12,3% do que os valores registados em 2008. Este foi já o sétimo ano consecutivo em que a multinacional norte-americana alcançou uma subida nas suas vendas em Portugal. Os resultados positivos da McDonald's traduziram-se ainda na abertura de cinco novos restaurantes no ano passado, colocando assim em 129 estabelecimentos o total do império da cadeia norte--americana no País.

Também a Burger King registou um aumento de 2% nas vendas, de acordo com o relatório e contas de 2009 da Ibersol, empresa que explora a marca em Portugal. O crescimento das vendas da Burger King - que representa cerca de 25% dos lucros da Ibersol, que explora outras 12 marcas, entre as quais a Pizza Hut - permitiu ao grupo abater 20 milhões de euros ao endividamento. Tal como a McDonald's Portugal, a Ibersol anunciou também a reabertura de novos restaurantes em 2010. Ao todo, serão inauguradas mais 15 unidades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG