Autores

A magia da arrumação é mais fácil na TV

A organização de caridade australiana Lifeline anunciou nesta semana que cerca de metade das suas lojas (há mais de quarenta centros) não estão a aceitar doações, visto estarem no máximo da sua capacidade. Nos EUA, os estabelecimentos de artigos em segunda mão também relatam um aumento das ofertas. A culpa não será do espírito natalício, mas de uma japonesa que entrou a 1 de janeiro nos lares de todo o mundo que têm Netflix. Há anos que Marie Kondo ensina os seguidores do seu método (conhecido como KonMari) a organizar a casa e a dar valor aos itens que os fazem felizes - ou, como ela diz, spark joy. E a deitar fora (ou doar) todos os outros: depois de um arigato para agradecer por tudo o que fizeram por nós.