Autores

Porque é que esta segunda-feira vai ser diferente em Portugal?

Porque Portugal dá os primeiros passos para o desconfinamento com a abertura do pequeno comércio. Porque a máscara passa a ser um "acessório" obrigatório em quase todos os espaços públicos. E também porque vamos sentir-nos mais livres. Mas para que a normalidade se reconquiste é preciso cumprir as regras. O primeiro-ministro já avisou: "Nunca terei vergonha ou qualquer rebuço de dar um passo atrás." Nesta segunda-feira não se recuperará a normalidade anterior à pandemia de covid-19, mas, por agora, é a que mais se pode aproximar.

Passo para a normalidade... com risco de marcha-atrás

Quase dois meses depois, os portugueses ensaiam na segunda-feira o regresso à vida normal, com abertura do pequeno comércio, cabeleireiros, livrarias e balcões das Finanças. No dia 18 reabrem os restaurantes, as crianças podem voltar à creche e os alunos dos 11.º e 12.º anos regressam à escola. O plano de desconfinamento, faseado até 1 de junho, será avaliado de 15 em 15 dias. Se correr mal, Costa garante que volta atrás.