Autores

Quando ir ao banco até parece uma mudança de continente

O coronavírus apanhou-me desprevenida com a impressora avariada, quase elevada ao estatuto de mono. Do banco diziam-me que tinha mesmo de assinar o documento, que se não tinha como imprimi-lo e digitalizá-lo era preciso deslocar-me às instalações. Ainda fingi alguma relutância, mas depressa vi ali uma oportunidade para sair do bairro e ver como "mexe" a cidade... Afinal, nos tempos que correm, afastar-me dois quilómetros de casa tem praticamente o sabor de uma viagem intercontinental!