Valentim Quaresma e Sangue Novo na Moda Lisboa

Valentim Quaresma é um designer que não precisa de apresentações: um artista plástico que se apaixonou pelo design de acessórios, usando materias como o cobre ou o metal. A coleção que levou ontem à ModaLisboa relembra as armaduras dos guerreiros, proteção do corpo mas numa alusão futurista para homem e mulher.

Também a nova geração está de parabéns. Nas propostas dos oito designers em início de uma potencial carreira apresentadas ontem a qualidade dos acabamentos e a noção de conceito de marca estiveram patentes. Nair Xavier, Cristina Real, a dupla 2ID e Patrick de Pádua destacaram-se pela qualidade criativa e de confeção das coleções que falam para homem e mulher. Em destaque a qualidade e a preocupação nos acabamentos e valorização do corpo sem o vulgarizar. A paleta de cores foi diversificada, mas o preto acabou por dominar, ainda que as estampagens e transparências também tenham estado em evidência. No conjunto, esta segunda edição do Sangue Novo esteve equilibrada, mas alguns dos projetos foram mais felizes do que outros. Olga Noronha desenha joias/acessórios e usa o corpo como montra.

Leia mais no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG