TRAILER: Manuel Marques e Eduardo Madeira, Astérix e Obélix à portuguesa

Costumam pisar o palco juntos, a partir de quinta-feira contracenam no cinema. Manuel Marques interpreta Astérix, Eduardo Madeira é Obélix.

"Se soubesse em pequeno que viria a ser a voz do Obélix tinha sido a criança mais feliz do mundo", afirma Eduardo Madeira, garantindo ao DN ter pedido à distribuidora o cartaz em tamanho quase real onde se lê "Eduardo Madeira é Obélix". Para o filme procurou manter o tipo bonacheirão que caracteriza a personagem. "O José Jorge Duarte, diretor de vozes do filme, puxou muito por mim. Pediu-me para fazer voz de gordo", responde o humorista, soando já como o "boneco" criado por Uderzo e Goscinny. "A minha voz não é tão forte como a do Manel", considera, explicando que o seu trabalho é explorar "timings de comédia mais imprevisíveis".

Manuel Marques, pelo contrário, diz que a sua voz de Astérix não soará tão diferente do timbre habitual na versão portuguesa de Astérix e o Domínio dos Deuses. "É mais garganta e colar ao francês", observa este fã da banda desenhada. Astérix na Córsega foi o primeiro livro que leu. "Tenho todos até A Rosa e o Gládio, uns bons 20 centímetros de livros do Astérix. Só de ver a capa lembro-me da história", conta o ator na apresentação, num Castelo de S.Jorge tomado por bonecos de Astérix e Obélix.

O elenco português reúne outros dois habitués da dobragem. Júlio César é o ator Luís Lucas, Bruno Ferreira dá voz a Geriatrix. "Inspirei-me na maneira como fala a minha avó", ri-se. O trabalho foi aproximar-se o mais possível do original, coincidem ambos.

Veja aqui o trailer do filme dobrado em português:

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG