Teatros da Broadway podem ser afetados por greve

A assembleia do sindicato que representa os trabalhadores dos serviços de apoio aos espetáculos da Broadway autorizou hoje os seus líderes a convocarem uma greve, se não for aprovado um contrato até ao fim do ano, noticia a AP.

A votação dos cerca de 250 funcionários de limpeza, porteiros, ascensoristas e guardas de casa de banho, entre outras funções, sindicalizados no 32BJ, decorreu durante uma concentração, agitada, frente aos escritórios da Broadway League, que representa os produtores e proprietários dos teatros, em Times Square.

Uma eventual greve vai envolver os trabalhadores de 32 dos 40 teatros com quem o 32BJ tem contrato e que expira em 30 de dezembro. Os trabalhadores reclamam aumentos salariais e melhores coberturas dos cuidados de saúde.

A próxima sessão negocial está marcada para dia 14 e outra para dia 18.

Jessica Vargas, uma trabalhadora da limpeza no Teatro Lunt-Fontaine, e membro da comissão negociadora sindical, disse que as suas colegas recebem 17 dólares (13 euros) por hora e espera conseguir um aumento de 1,5 dólares. Outras trabalhadoras da limpeza na cidade recebem cerca de 25 dólares.

Ler mais

Exclusivos