Sons asiáticos no Festival Músicas do Mundo em Sines

O Festival Músicas do Mundo de Sines, marcado para julho, contará com cinco artistas do Médio Oriente e Ásia.

A décima sétima edição do Festival Músicas do Mundo, que se realizará entre 17 e 25 de julho, tem já várias confirmações no seu cartaz de artistas de África e da América Latina. Agora, juntam-se sons do Oriente, com o quinteto Alif (Médio Oriente), o tocador Niladri Kumar (Índia), o trio Idiotape (Coreia do Sul), os Sharen (China) e a orquestra Pascals (Japão).

Particularmente, o grupo Alif, fundado em 2012, fará a sua estreia em Portugal no FMM e, antes, editará o seu primeiro álbum em maio. O grupo, que junta o rock à música árabe, integra músicos do Líbano, Egipto, Síria e Palestina.

A este nome, na categoria de sons do Oriente, juntam-se ainda a orquestra japonesa Pascals - com 14 músicos, instrumentos variados e música "aberta a todas as possibilidades", inspirada no trabalho do francês Pascal Comelade - e os chineses Sharen que fundem "música tradicional das etnias Yi e Wa com estilos modernos, como o rock, o reggae e o hip hop".

Do outro lado do mundo, as presenças confirmadas da América Latina são as da orquestra colombiana La 33, da cantora argentina Soema Montenegro, da MC chilena Ana Tijoux e dos mexicanos Troker.

De África chegarão Orlando Julius e The Heliocentrics (Nigéria), Dele Sosimi e Afrobeat Orchestra (Nigéria), Toumani Diabaté e Sidiki Diabaté, pai e filho do Mali, Songhoy Blues (Mali), Peter Solo (Togo) e os Ibibio Sound Machine, coletivo de Londres, liderados pela cantora de sangue nigeriano Eno Williams.

Veja aqui o vídeo da Orquestra Pascals:

Shan Ren:

Alif Ensemble

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG