Porque durou tanto tempo o regime de Salazar?

Três novos livros sobre o Estado Novo e António de Oliveira Salazar trazem novas perspectivas sobre o ditador e o regime. No Quociente de Inteligência desta semana trazemos-lhe um trabalho sobre as novas obras.

No suplemento cultural do DN que saiu este sábado refletimos como o regime de António de Oliveira Salazar perdurou 40 anos. O trabalho parte do lançamento de três novas obras, da autoria de Fernando Rosas ('Salazar e o poder, a Arte de Saber Durar"), Bernardo Futscher Pereira ("A Diplomacia de Salazar") e Irene Flunser Pimentel e Cláudia Ninhos ("Salazar, Portugal e o Holocasto").

Após esta reflexão, passamos a palavra ao leito: porque durou tanto o regime de Salazar?

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG