Peter Murphy volta a Portugal em maio

O músico britânico atua na Aula Magna e na Casa da Música.

O músico britânico Peter Murphy atua em Portugal em maio: dia 16 na Aula Magna, em Lisboa, e no dia seguinte na Casa da Música, no Porto.

O músico irá desta vez realizar apenas quatro concertos na Europa - além de Lisboa, em Madrid e Londres - nos quais vai revisitar quatro décadas de êxitos. O ex-líder do Bauhaus, atualmente com 58 anos, está a experimentar versões semi-acústicas dos seus temas, como All Night Long ou Cuts You Up, optando por atuar em espaços mais intimistas.

Presença habitual nos palcos portugueses, o músico, que inicia sexta-feira uma digressão americana que se vai prolongar por mais de um mês, gosta de se manter afastado dos holofotes. "Tento divorciar-me completamente da cena musical atual", disse Peter Murphy numa entrevista à Rolling Stone, há dois anos. "As pessoas perguntam-me pela cena gótica e não faço ideia do que é que estão a falar. Nunca me identifiquei com isso. Algumas vezes - uma ou duas vezes - subi ao palco com roupa que não era preta."

O último álbum de originais de Peter Murphy foi Lion, editado em 2014. Leia aqui a crítica a esse trabalho:

De acordo com a promotora Everything is New, os bilhetes para os concertos em Portugal vão estar à venda a partir de amanhã. Os preços variam entre 25 e 35 euros para Lisboa. No Porto, o preço único é 35 euros.

Exclusivos

Premium

Legionela

Maioria das vítimas quer "alguma justiça" e indemnização do Estado

Cinco anos depois do surto de legionela que matou 12 pessoas e infetou mais de 400, em Vila Franca de Xira, a maioria das vítimas reclama por indemnização. "Queremos que se faça alguma justiça, porque nunca será completa", defende a associação das vítimas, no dia em que começa a fase de instrução do processo, no tribunal de Loures, que contempla apenas 73 casos.