Pete Burns, dos Dead or Alive, morre aos 57 anos

Vocalista de Dead or Alive morreu repentinamente no domingo. Viveu as últimas décadas obcecado com mudar a aparência

O vocalista da banda Dead or Alive, Pete Burns, morreu este domingo aos 57 anos. A notícia foi divulgada pelo agente de Burns, Steve Coy, em comunicado, revelando que o óbito de Burns foi súbito e inesperado.

O inglês tornou-se conhecido internacionalmente depois de os Dead or Alive terem lançado o hit You Spin Me Round, em 1985, música que esteve no topo das tabelas durante várias semanas.

"Ele era um verdadeiro visionário, uma alma linda e talentosa e vai fazer falta a todos que o amavam e que apreciavam tudo o que ele era e todas as memórias fantásticas que nos deixou", continua o comunicado.

No mês passado, Pete voltou a aparecer nos ecrãs, ao participar no formato Celebrity Botched Up Bodies. Neste programa, Burns admitiu ter feito cerca de 300 cirurgias plásticas, muitas delas para corrigir erros e intervenções estéticas mal feitas.

"Espero que quando tiver 80 anos e for para o céu Deus não me reconheça", disse o músico em setembro. Burns confessou que era obcecado com a possibilidade de mudar a aparência há mais de 20 anos e começou a fazer operações plásticas quando o hit You Spin Me Round foi lançado.

"Percebi que iria ser uma entidade visual e por isso tinha de ter boa aparência", contou Pete Burns no Celebrity Botched Up Bodies.

Com o passar dos anos, Burns foi passando cada vez mais tempo na mesa de operações até mudar completamente o aspeto.

"Faço peelings e ponho botox regularmente. É algo que sempre farei", contou Burns numa entrevista em 2011, segundo o Mirror. "As pessoas redecoram a casa de tantos em tantos anos e eu não vejo a diferença. Mudar a minha cara é como comprar um sofá novo."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG