Os Vingadores: o regresso dos super-heróis de luxo

Robert Downey Jr., Scarlett Johansson, Mark Ruffalo, Chris Hemsworth, Samuel L. Jackson: um exército de atores para um exército de super-heróis que chega quinta-feira aos cinemas

A mais populosa cruzada épica de super-heróis da Marvel regressa amanhã às salas portuguesas, com expectativas de bilheteira muito semelhantes, senão superiores, ao grande êxito do primeiro filme, Os Vingadores. A ampliação que se dá no título da sequela - Os Vingadores: A Era de Ultron - sugere uma dimensão tecnológica excecional, mais complexa e sombria, relativamente ao anterior.

Por detrás dos fatos sintéticos e metálicos, reside uma colheita exigente de atores: Robert Downey Jr., Homem de Ferro, que passou de enfant terrible para o mais bem pago ator de Hollywood; o australiano Chris Hemsworth, Thor, ao lado de Chris Evans, Capitão América, que formam a dupla de charme do exército de heróis; Mark Ruffalo, Hulk, numa comovente interpretação do seu monstro indomável; Scarlett Johansson, Black Widow, a mostrar, nos últimos anos, que não era uma atriz destinada apenas a Woody Allen; e Jeremy Renner, Hawkeye, cujo registo militar o acompanha desde a interpretação do protagonista de Estado de Guerra (Kathryn Bigelow). A soma de Elizabeth Olsen e Aaron Taylor-Johnson ao elenco, respetivamente, Scarlet Witch e Quiksilver, surge como um acrescento de valor ao que já antes estava assegurado.

Veja o trailer de Os Vingadores - a Era de Ultron:

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG