One Direction: os rapazes que valem 87 milhões e que não abrandam

Ao quarto ano de vida a banda lança o seu quarto álbum, 'Four', que chegou ao n.º1 do top do iTunes em 65 países no dia em que esteve em pré-reserva.

Há cerca de uma semana os One Direction associaram-se à Google para a transmissão em direto de uma longa entrevista no YouTube. No entanto, à hora prevista, não havia sinal dos cinco rapazes que desde 2011 se transformaram no maior fenómeno da música pop da atualidade, que já mereceu elogios de Martin Scorsese e a presença de Danny DeVito num dos seus vídeos. Não havia sinal por uma razão simples, eram tantos os fãs que se ligaram à mesma hora ao canal da banda, que o site não aguentou tanta procura. O problema acabaria por se resolver e o grupo ainda interpretou uma versão acústica de Steal My Girl, que apresenta Four, quarto álbum da boyband britânica, que chega hoje às lojas.

Entre o fim da última digressão - que promoveu o disco anterior e deu lugar a uma atuação do grupo no Estádio do Dragão, no Porto - e o lançamento deste novo álbum, passou pouco mais de um mês. O grupo tem mantido esta intensidade desde que editaram o seu primeiro álbum em novembro de 2011, Up All Night. Já lançaram mais três álbuns, dois filmes, vários livros, perfumes, somando uma fortuna que ronda os 87,5 milhões de euros. E entretanto já agendaram mais de 50 concertos para o próximo ano, da Ásia aos Estados Unidos, passando pelo Médio Oriente, África do Sul, Austrália e Europa.

Leia mais pormenores na edição impressa ou no e-paper do DN

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG