Yo la Tengo, Lloyd Cole e Michael Moore apoiam Indignados

A banda norte-americana Yo la Tengo, o músico britânico Lloyd Cole e o realizador Michael Moore estão entre os artistas envolvidos no lançamento de um álbum de apoio ao movimento "Occupy Wall Street".

O disco "Occupy This Album", inspirado por aquele movimento de indignados, pretende "proporcionar um hino e um grito de protesto aos manifestantes envolvidos na insurreição", referiram os produtores do álbum, citados pelo canal de televisão norte-americano CNN.

Os produtores revelaram que todos os lucros provenientes do disco irão beneficiar o movimento "Occupy". Metade dos lucros será doado ao "Occupy Wall Street General Fund" e o restante será distribuído entre os maiores movimentos de ocupação espalhados pelos Estados Unidos da América.

Entre os artistas envolvidos no álbum, que deverá ser lançado neste Inverno, estão os Yo la Tengo, Devo, Ladytron, Third Eye Blind, Lloyd Cole e o realizador/activista Michael Moore.

Entretanto, em solidariedade com o movimento "Occupy London", os britânicos Massive Attack lançaram o canal "Occupy Radio" no site de partilha de música SoundCloud.

A página tem disponíveis, para já, remisturas, inspiradas pelo movimento, de 3D, dos Massive Attack, do DJ e produtor Tim Goldsworthy e dos Horse Meat Disco.

Em Novembro foi lançado o site www.occupymusicians.com onde milhares de músicos, entre eles Lou Reed, Laurie Anderson, Thurston Moore e Lee Ranaldo, ambos dos Sonic Youth, Tom Morello, dos Rage Against the Machine, Akil Talib, dos Jurassic 5, Marc Ribot, Kymia Dawson, Guy Picciotto, dos Fugazi e Talib Kweli expressaram publicamente o apoio aos movimentos de indignados de todo o mundo.

Além do site criado pelos músicos, existem ainda outros de escritores (www.occupywriters.com), realizadores (www.occupyfilmmakers.com) e ilustradores (www.occupycomics.com), que manifestam publicamente o apoio aos movimentos de indignados de todo o mundo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG