Snoop Dogg levou o público ao rubro

O primeiro artista a terminar com a dispersão de público no recinto foi Snoop Dogg com um concerto para maiores de 18 anos a diversos níveis.

O 'rapper' insistiu em vocabulário 'hardcore' e fumou erva no palco enquanto a plateia delirava com uma personagem que dominou o palco do início ao fim. O culto da personalidade foi elevado ao extremo num concerto com características invulgares em Portugal.

A um mapa de espectáculos português quase omisso em relação ao universo 'hip hop' respondeu um mestre de cerimónias que não deixou nenhum dos clássicos de fora: "Drop Like It's Hot" e "Sensual Seduction" foram os momentos altos. "P.I.M.P.", de 50 Cent, e "Jump Around", dos House of Pain corporizaram a máxima do "ponham as mãos no ar".

Snoop recordou o mestre 2Pac e fez-se acompanhar das habituais bailarinas, que em corpete, dançaram sobre cadeiras de plástico, à falta de melhor decoração. Entretanto a organização divulgou os números da primeira noite de concertos: 40 mil espectadores.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG