Shakira condenada por plágio

O single "Loca" (versão em espanhol), um hit da cantora pop colombiana Shakira, é afinal um plágio de uma canção de um dominicano, Ramón Arias Vázquez, cujos direitos são da produtora Mayimba Music, noticia a BBC.

Alvin Hellerstein, um juiz de Nova Iorque, determinou que a versão espanhola da música "Loca", sucesso em 2010, viola direitos de autor. Numa decisão publicada ontem, o juiz americano afirma que tanto "Loca" como a música que inspirou Shakira, "Loca con su Tíguere", do rapper dominicano conhecido como "El Cata", são plágios. Este artista colaborou, aliás, com Shakira na gravação da canção.

A versão em língua espanhola foi amplamente lançada como single em todo o mundo. Vendeu mais de cinco milhões de cópias, liderou as tabelas latinas da Billboard Magazine e as rádios da América Latina, Europa e Estados Unidos. Foi depois também incluída no álbum "Sale el Sol" (2010) ou "The Sun Comes Out", em inglês, onde ambas versões foram incluídas.

O juiz ordenou às partes que voltassem a negociar e apresentassem ao tribunal, antes do dia 29 de agosto, "um documento conjunto" no qual informem qual a indemnização por danos que pretendem pagar à produtora Mayimba. Na mesma decisão, o magistrado convocou os advogados da Mayimba e os da Sony, empresa responsável pela distribuição da música de Shakira, para uma nova audiência para discutir os passos seguintes, a realizar dia 8 de setembro.

A versão original de Ramón Arias Vázquez, "Loca con su Tiguere", foi escrita na década de 90 mas nunca foi divulgada.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG