Morreu Frankie Knuckles, pioneiro da música house

Frankie Knuckles, conhecido pelo "padrinho da música house", morreu ontem inesperadamente em Chicago aos 59 anos de idade.

O produtor e músico americano Frankie Knuckles, pioneiro da música house nas décadas de 70 e 80, morreu ontem, segunda-feira, aos 59 anos, em Chicago, onde o seu nome há-de ser sempre recordado. Apesar de se saber que o DJ sofria de diabetes, a causa da sua morte ainda não foi apurada.

Knuckles tinha atuado no sábado à noite em Londres, no clube Ministry Of Sound.

Nascido no Bronx, Knuckles aprendeu a sua arte em Nova Iorque, onde foi orientado e influenciado por Larry Levan, outra lenda da música. Em 1970 começou a atuar como DJ na sauna Continental. Mas foi a partir de 1977, em Chicago, que se tornou DJ residente do "The Warehouse" e que popularizou um estilo que viria a ser um novo género musical, a música house. No clube, maioritariamente frequentado pela comunidade gay latino-americana, nasceu um novo estilo de música de dança moderna, inspirada no disco, na soul e no R&B misturados com batidas eletrónicas.

Mudou-se para a sua própria discoteca em Chicago, em 1983, mas voltou a Nova Iorque quando o seu novo estilo musical se tornou conhecido mundialmente, em 1987. Foi nessa altura que, em parceria com David Morales, começou a produzir remisturas para grandes nomes da pop da altura como Michael Jackson, Diana Ross e Whitney Houston.

Ganhou, em 1997, um Grammy para Remisturador do ano. A 25 de Agosto de 2004 foi proclamado o Frankie Knuckles' Day por Barack Obama, o senador do estado do Illinois da altura e desde esse ano que, em Chicago, foi inaugurada uma rua com o seu nome no local onde era o clube "The Warehouse". Em 2005 o DJ passou a fazer parte do Dance Music Hall of Fame.

Knuckles ajudou a garantir o lançamento comercial de várias faixas que produziu - incluindo "Your Love" e "Baby Wants to Ride" - que são reconhecidos como alguns dos primeiros clássicos da "House Music". O estilo popularizado por Knuckles ainda continua nos dias de hoje a influenciar a música a nível global.

Nas redes sociais já se começaram a manifestar alguns amigos, colegas e fãs do DJ, como Carl Craig, Pete Tong, Derrick Carter, Giles Peterson e Questlove. O parceiro de Knuckles, David Morales, escreveu no Twitter que estava "devastado por escrever que o meu querido amigo Frankie Knuckles faleceu hoje. Não consigo escrever mais nada neste momento. Desculpem".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG