Mafalda Arnauth revela nova faceta do Trindade

Meia hora após interpretar "puro fado", ontem no Teatro da Trindade, em Lisboa, Mafalda Arnauth deu a conhecer a sua mais recente faceta em "Terra da Luz".

Ao público - ao de sempre e ao de agora - a artista propôs "fazer uma viagem para visitar vários lugares". E assim foi.

Vestida de negro e com xaile branco, a fadista interpretou uma sequência de fados antes de chegar ao seu atual território musical. Isto, 15 anos após ter começado profissionalmente a cantar.

Nos restantes 60 minutos e em constante diálogo com a plateia, desfiou o seu sétimo álbum "Terra da Luz", um disco produzido pelo músico e compositor Tiago Machado, editado em Outubro.

O ponto alto do espetáculo chegou com Helder Moutinho, o convidado especial de Mafalda Arnauth, quer no disco quer no concerto. O dueto de "De Nós em Nó" assinalou em palco a amizade entre os dois fadistas que, tal como Helder recordou, há dezasseis anos estiveram juntos naquele mesmo espaço.

Com Pedro Viana (guitarra portuguesa), Marco Oliveira (viola de fado), Fernando Júdice (baixo), João Ferreira (percussão) e Pedro Santos (direção musical e acordeão), Mafalda Arnauth cantou temas como "Onde Mora a Vida", "Fado", uma adaptação da música dos Heróis do Mar, "Infância" e "Partiu de Madrugada".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG