João Gilberto adia digressão por motivos de saúde

O músico brasileiro João Gilberto, mestre da bossa nova, adiou, por motivos de saúde, uma rara digressão pelo Brasil prevista para começar sábado, noticia hoje a imprensa brasileira.

João Gilberto devia começar uma série de concertos no sábado em São Paulo para assinalar 80 anos de vida, mas teve de adiá-la por causa de uma gripe, tendo sido aconselhado pelo médico pessoal a descansar, escreve o jornal Folha de São Paulo.

Depois do concerto de sábado, João Gilberto deveria actuar a 15 de Novembro no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

De acordo com o mesmo jornal, a digressão foi adiada para 9 de Dezembro, com o primeiro concerto agendado para Salvador, seguindo-se São Paulo e Rio de Janeiro. Os concertos previstos para Brasília e Porto Alegre foram adiados para 2012.

A assessoria de imprensa de João Gilberto indicou que os concertos serão registados para posterior edição em DVD, para assinalar os 80 anos do músico brasileiro.

Com fama de casmurro e em conflito com a imprensa, João Gilberto completou 80 anos no dia 10 de Junho, fechado num apartamento no Leblon, no Rio de Janeiro, e sem conceder uma única entrevista.

Responsável por criar um dos estilos musicais mais reverenciados pelo mundo - a Bossa Nova - João Gilberto tornou-se um mito por inventar uma nova maneira de tocar violão.

Em 1958 saiu o disco "Canção do Amor Demais", de Elizeth Cardoso, que continha algumas faixas gravadas por João Gilberto, e esse foi considerado o ano de nascimento da bossa nova.

No mesmo ano, João lançaria um compacto com as canções "Chega de Saudade", dos parceiros Tom Jobim e Vinicius de Moraes, e "Bim Bom", de sua própria autoria, a confirmar o surgimento de um novo ritmo, desta vez já com maior reconhecimento por parte do público.

Além de ter contribuído enormemente para a imagem do Brasil no exterior, a música tocada por João Gilberto ajudou também a promover a língua portuguesa por todos os cantos do planeta.

João Gilberto actuou no Brasil em 2008 com três concertos para assinalar os 50 anos da bossa nova.

O último álbum de João Gilberto foi lançado em 2000.

Exclusivos