YouTube perde processo de violação de direitos de autor

Tribunal na Alemanha considerou o site reponsável pela publicação de ficheiros de música sem autorização

A Gema, uma sociedade que protege os direitos de autor de 60 mil músicos e letristas na Alemanha, venceu uma ação judicial que interpôs contra o YouTube. Em causa estava a publicação de 12 ficheiros de música algo que, segundo a Gema, viola os direitos de autor.

Apesar dos representantes do YouTube terem afirmado que o site não é responsável pelo conteúdo que os seus utilizadores colocam no site, o tribunal de Hamburgo considerou que a Gema tinha razão relativamente a sete dos 12 casos.

No entanto ainda se desconhece qual será a pena que o YouTube terá de enfrentar mas poderá ter de pagar muitos milhares de euros em direitos de autor, segundo a BBC.

O Google, que é proprietário do YouTube, ainda não comentou as decisão do tribunal de Hamburgo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).