YouTube perde processo de violação de direitos de autor

Tribunal na Alemanha considerou o site reponsável pela publicação de ficheiros de música sem autorização

A Gema, uma sociedade que protege os direitos de autor de 60 mil músicos e letristas na Alemanha, venceu uma ação judicial que interpôs contra o YouTube. Em causa estava a publicação de 12 ficheiros de música algo que, segundo a Gema, viola os direitos de autor.

Apesar dos representantes do YouTube terem afirmado que o site não é responsável pelo conteúdo que os seus utilizadores colocam no site, o tribunal de Hamburgo considerou que a Gema tinha razão relativamente a sete dos 12 casos.

No entanto ainda se desconhece qual será a pena que o YouTube terá de enfrentar mas poderá ter de pagar muitos milhares de euros em direitos de autor, segundo a BBC.

O Google, que é proprietário do YouTube, ainda não comentou as decisão do tribunal de Hamburgo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Patrícia Viegas

Espanha e os fantasmas da Guerra Civil

Em 2011, fazendo a cobertura das legislativas que deram ao PP de Mariano Rajoy uma maioria absoluta histórica, notei que quando perguntava a algumas pessoas do PP o que achavam do PSOE, e vice-versa, elas respondiam, referindo-se aos outros, não como socialistas ou populares, não como de esquerda ou de direita, mas como los rojos e los franquistas. E o ressentimento com que o diziam mostrava que havia algo mais em causa do que as questões quentes da atualidade (a crise económica e financeira estava no seu auge e a explosão da bolha imobiliária teve um impacto considerável). Uma questão de gerações mais velhas, com os fantasmas da Guerra Civil espanhola ainda presente, pensei.