YouTube perde processo de violação de direitos de autor

Tribunal na Alemanha considerou o site reponsável pela publicação de ficheiros de música sem autorização

A Gema, uma sociedade que protege os direitos de autor de 60 mil músicos e letristas na Alemanha, venceu uma ação judicial que interpôs contra o YouTube. Em causa estava a publicação de 12 ficheiros de música algo que, segundo a Gema, viola os direitos de autor.

Apesar dos representantes do YouTube terem afirmado que o site não é responsável pelo conteúdo que os seus utilizadores colocam no site, o tribunal de Hamburgo considerou que a Gema tinha razão relativamente a sete dos 12 casos.

No entanto ainda se desconhece qual será a pena que o YouTube terá de enfrentar mas poderá ter de pagar muitos milhares de euros em direitos de autor, segundo a BBC.

O Google, que é proprietário do YouTube, ainda não comentou as decisão do tribunal de Hamburgo.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

Crédito: teremos aprendido a lição?

Crédito para a habitação, crédito para o carro, crédito para as obras, crédito para as férias, crédito para tudo... Foi assim a vida de muitos portugueses antes da crise, a contrair crédito sobre crédito. Particulares e também os bancos (que facilitaram demais) ficaram com culpas no cartório. A pergunta que vale a pena fazer hoje é se, depois da crise e da intervenção da troika, a realidade terá mudado assim tanto? Parece que não. Hoje não é só o Estado que está sobre-endividado, mas são também os privados, quer as empresas quer os particulares.