A Califórnia passa pela discoteca Lux

Dâm-Funk, já na sexta-feira (dia 11), e os Best Coast, a 19 de Abril, são dois nomes vindos da Califórnia que passam este ano pelo Lux, em Lisboa.

Em 2009, o californiano Damon G. Riddick, que actua sob o nome artístico Dâm-Funk, editou a colecção de 5 Lps intitulada 'Toeachizown'. Companheiro de editora de nomes da nova música 'soul' como Aloe Blac ou Mayer Hawthorne na Stones Throw Record, Dâm-Funk iniciou, com esta compilação (também disponível num formato reduzido de dois Cds) um percurso distinto por memórias do 'funk' electrónico dos anos 80. Em 2010, já actuara no Lux (Lisboa), agora, regressa ao espaço lisboeta para um novo espectáculo, em regime de DJ-Set, já na Sexta-Feira (dia 11). O ano passado, o músico editou uma nova compilação de trabalhos datados entre 1988 e 1992 intitulada 'Adolescent Funk'.

Também da Califórnia (EUA) chegam, embora só a 19 de Abril, os Best Coast, a banda da vocalista e guitarrista Bethany Cosentino. Com um som derivado do 'indie-rock', embora em topografias mais próximas do 'surf' ou do 'lo-fi' menos ruidoso das últimas décadas do que de uns The National, os Best Coast, que o ano passado apresentaram o primeiro longa-duração, intitulado 'Crazy For You', vão apresentar-se no Lux com a antiga baterista das Vivian Girls, Ali Khoeler.

Ler mais

Exclusivos