"Incompetência" está a atrasar processo de inscrição

O presidente da Comissão Científica da candidatura do Fado a Património Imaterial da Humanidade, Rui Vieira Nery, disse hoje à agência Lusa que o processo de inscrição das candidaturas tem sido longo por incompetência da presidência da reunião.

"Está a ser um processo longo porque a presidência desta reunião tem revelado uma incompetência extraordinária na condução dos trabalhos", afirmou Rui Vieira Nery.

O VI Comité Intergovernamental da UNESCO esteve três horas a discutir uma questão relacionada com uma candidatura japonesa.

"Estamos neste momento há quase três horas com um ponto mínimo que não justifica de maneira nenhuma este atraso", salientou.

Segundo Rui Vieira Nery, há "questões que se podiam decidir com uma direcção energética que colocasse claramente em oposição as opiniões distintas e passasse à votação, mas aqui como não há liderança nenhuma da parte do presidente as questões arrastam-se de forma ilimitada".

Os trabalhos foram suspensos e recomeçaram, estando neste momento a ser discutida a candidatura do Mali, Burquina-Faso e Costa do Marfim.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG