Festival do Sudoeste quer crescer para o estrangeiro

O festival Sudoeste, cuja 15.ª edição terminou esta madrugada, quer continuar a crescer sobretudo no estrangeiro, particularmente Espanha, porque o mercado português "já está conquistado".

Para Luís Montez, responsável da promotora Música no Coração, que organiza o certame, a edição deste ano "foi muito bonita" e uma resposta "à crise", até porque na edição deste ano, disse, estiveram mais espectadores do que no ano passado.

"As pessoas necessitam de momentos de felicidade", declarou à agência Lusa, lembrando que quem acampa junto ao recinto tem "por 90 euros uma semana de férias com os amigos".

O Sudoeste terminou esta madrugada com a actuação dos Swedish House Mafia.

Kanye West, Snoop Dogg, David Guetta ou Scissor Sisters foram alguns dos responsáveis pelos momentos mais celebrados do evento.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG