Dueto de Ben Harper com Vanessa da Mata marca a noite

Foi preciso esperar até perto das 2h00 da manhã para se assistir àquele que terá sido o momento alto da primeira noite de concertos do Festival do Sudoeste, na quinta-feira.

O dueto de Ben Harper com Vanessa da Mata, praticamente a fechar a atuação do músico norte-americano, transformou-se num coro a milhares de vozes (26 mil, segundo dados da organização).

A cantora brasileira subiu ao palco durante menos de cinco minutos para cantar "Boa Sorte/Good Luck", e, apesar de já estar previamente anunciada, a sua presença apanhou muita gente de surpresa.

Bem Harper foi o quarto artista a subir ao palco desta 16.ª edição do Sudoeste, já o cansaço se notava entre muitos dos que estavam no recinto. O relvado tornou-se cama para muitos, que, descontraídos, assistiram ao alinhamento deitados.

A noite começou cedo, ainda o sol se estava a pôr. Ben Howard abriu as hostilidades às 20h15, quando o recinto ainda estava vazio. No entanto, o músico inglês conseguiu cativar o público, sobretudo o feminino, com o seu ar tímido e temas como "Only Love" e "Keep your Head Up".

Uma hora depois, o visual de Matisyahu surpreendeu os fãs. O cantor deixou o look associado à sua religião - é judeu ortodoxo - e apareceu de boné, sem barba, óculos de sol (já era noite) e ténis. A meio do espetáculo, um tema dedicado à mulher, com quem se casou há oito anos: "I believe in Love".

Os neozelandeses Fat Freddy's Drop chegaram quando já muitos ansiavam por Ben Harper, o que terá dificultado a tarefa de conquistar o público. A noite fechou já madrugada dentro, depois de uma atuação enérgica do rapper brasileiro Marcelo D2, que, apesar de se ter queixado de alguns problemas com o som na frente do palco, não teve dificuldade em puxar pelo público. Uns goles de imperial em cada música ajudaram a manter o ritmo.

O festival do Sudoeste prossegue esta sexta-feira, com a esperada atuação de Eddie Vadder, vocalista dos Pearl Jam.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG