Ana Moura atua nos coliseus de hoje até sábado

2013 será um ano preenchido no percurso internacional da fadista, com digressões pela Europa e EUA. Mas hoje e amanhã volta ao Coliseu de Lisboa e sábado ao do Porto.

É inegável que atualmente Ana Moura é uma das mais populares fadistas da nossa praça. Não só por no passado ter partilhado o palco com os Rolling Stones e Prince ou por ter contado com a colaboração de Herbie Hancock no álbum Desfado (2012). Aliás, tem sido também reconhecida em Portugal. Não é por acaso que fará duas datas no Coliseu de Lisboa (hoje e amanhã) e sábado subirá ainda ao palco do Coliseu do Porto.

Ainda assim, a fadista não deixou de se surpreender com esta recetividade: "O País atravessa um momento muito complicado, pelo que foi uma belíssima surpresa a forma como o público encheu as salas. Fiquei muito comovida", explicou Ana Moura em entrevista ao DN. Esta não é a primeira vez que Ana Moura sobe aos coliseus. A fadista estreou-se nestes míticos palcos há cinco anos, concertos que foram registados para o seu primeiro DVD, e também atuou nestas mesmas salas acompanhada pela Frankfurt Big Band há dois anos. Mas a responsabilidade nunca deixa de ser acrescida: "Os Coliseus sãop as salas mais emblemáticas de Lisboa e do Porto, acho eu. Quando se chega ao coliseu funciona como uma espécie de consagração do artista. Daí terem um peso especial e também acarretarem uma responsabilidade acrescida", confessou.

Estes serão também os últimos concertos de Ana Moura em Portugal, já que ainda este mês parte para a Suíça, seguindo-se uma digressão com mais de uma dezena de datas pela Alemanha e, posteriormente, mais 19 concertos entre os EUA e o Canadá.

Estes concertos nos coliseus de Lisboa e do Porto terão como base o álbum Desfado e cada uma das noites começa às 21.30.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG