Alive arranca com 38 mil pessoas nos Faith no More

Faith no More, Alice in Chains e La Roux fizeram os portugueses recuar no tempo, à música das últimas décadas, na quinta feira no começo do festival Optimus Alive, no Passeio Marítimo de Algés (Oeiras).

De acordo com a organização, no primeiro dia do festival estiveram cerca de 38 mil pessoas, num recinto com capacidade para cerca de 45 mil espectadores.

Os Faith no More, que não tocavam em Lisboa desde a cisão de 1998, fecharam a noite de concertos no palco Optimus com um repertório antigo, mas nem por isso obsoleto.

Com Mike Patton envergando um fato branco completo com flor na lapela, os Faith no More entraram directo no alinhamento mais duro, atacando temas como 'Be agressive', 'Midlife crisis' ou 'Evidence' sem modéstias, este último num misto de português e italiano.

O vocalista foi teatral e impetuoso, recordou 'Easy', 'Epic' e 'The gentle art of making enemies' fazendo uso ora do microfone ora de um megafone, dirigindo-se ao público em português, com sotaque do Brasil.

No 'encore' ainda dedicou um tema à 'tristeza de Portugal', pelo afastamento do mundial de futebol, com o teclista a tocar algumas notas de Vangelis.

Veja o vídeo aqui

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG