Mobiliário de cartão inspirado no zoo

Dois designers decidiram criar mobiliário de cartão que, além da utilidade, é muito divertido: o crocodilo, o elefante, a girafa e o burro.

O Donko é um burro intelectual que guarda livros e material de escritório. O crocodilo Nillo é um jovem rebelde que gosta de CD e de vinil. O elefante Ello é um dorminhoco que precisa de café para se manter acordado. Aos três juntou-se, por último, a girafa Giffo. É a mais atarefada dos quatro, tem mais espaço de arrumação e até pode ser usada como mesa-de-cabeceira. A família, cheia de personalidade, é uma criação da Toyno - For Grown Ups, marca que nasceu da iniciativa de dois designers, em Lisboa, há mais de um ano. Os bichos são mobiliário de cartão que começa por ser, numa primeira fase, também um brinquedo.

"A ideia nasceu da inspiração da Joana", conta Rui Quinta, de 33 anos, cofundador do projeto. No Natal de 2011, a designer de interiores e de produto pôs mãos à obra para criar a prenda dos sobrinhos. Desenhou um burro de cartão com o propósito de ser um banco estrutural. Rui reconheceu o potencial da peça e desafiou-a a desmontar o burro. Maturaram a ideia durante um ano e transformaram o Donko numa peça para guardar livros, revistas e material de escritório. Criaram uma equipa e formaram a Toyno. Toy? No. Não é um simples brinquedo, embora comece como tal. "Desenvolvemos produtos empáticos para adultos, que sejam engraçados e que os façam rir", explica Joana Brígido. Os bichos são feitos de cartão micro duplo canelado, para aguentarem peso. Vêm em forma de puzzles com 12 a 15 peças e é o cliente que os monta, com o auxílio de um manual de instruções. A Toyno até já lançou vídeos explicativos.

LEIA MAIS PORMENORES NA EDIÇÃO E-PAPER DO DN:

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG