Lídia Jorge apresenta contos de Rui Pedro Antunes

Jornalista há cinco anos, Rui Pedro Antunes dá-se a conhecer hoje como escritor de ficção. Orfanato dos contos vadios - estórias da esquina do mundo - é o primeiro livro deste jovem, que é já coautor de cinco outros volumes literários resultantes de grandes investigações nas quais participou enquanto jornalista do Diário de Notícias.

De acordo com o autor, de 27 anos, o maior desafio com que se deparou ao escrever o livro, foi aprender a libertar-se "dos espartilhos da escrita jornalística e partir da realidade para a ficção". E porquê este título? "Porque são dez contos que valem por si. São histórias vagabundas que se encontram num sítio, no livro. Ou seja; num orfanato", diz Rui Pedro Antunes.

O lançamento de Orfanato dos contos vadios é hoje, 21 de março, às 18.00, no Hotel Fonte Cruz, em Lisboa. A apresentação da obra da Chiado Editora - cujo prefácio é do também escritor e jornalista do DN, João Céu e Silva - será feita pela escritora Lídia Jorge.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG