André Diniz e Pablo Mayer lançam livro de BD em Portugal

O autor brasileiro de banda desenhada André Diniz apresentará, no fim-de-semana, no festival AmadoraBD, o livro "Duas Luas", com desenho de Pablo Mayer, que tem edição em Portugal ainda antes de chegar ao mercado do Brasil.

"Duas luas" conta com argumento de André Diniz, mas o desenho foi entregue ao ilustrador italo-brasileiro Pablo Mayer, saindo em Portugal com o "selo" da editora Polvo.

A história é publicada meses depois de André Diniz, 37 anos, ter apresentado e editado em Portugal, no início deste ano e pela Polvo, a banda desenhada "Morro da favela", um livro de memórias sobre o fotógrafo Maurício Hora e um retrato da primeira favela criada no Brasil, o Morro da Providência.

"Duas luas" conta a história de Nilo, que quer vender o Bar do Lourenço que herdou do pai para se dedicar mais à família, que sofre de insónias e se vê enredado numa teia de sonhos e realidade.

André Diniz estará no Fórum Luís de Camões, no AmadoraBD, para as concorridas sessões de autógrafos, mas o trabalho gráfico poderá ser visto também na exposição "Seis esquinas da inquietação -- Autores brasileiros contemporâneos", juntamente com obras de Marcelo D'Salete, Pedro Franz, Diego Gerlach, André Kitagawa e Rafael Sica.

André Diniz começou por fazer sobretudo argumento para banda desenhada, para, por exemplo, "Fawcett", com desenho de Flavio Colin, e "A classe média agradece", com desenho de Marco, mas passou a assinar texto e imagem quando encontrou uma linguagem só sua, tendo como exemplo "Chico Rei" e "O negrinho do pastoreio".

Atualmente trabalha numa adaptação para banda desenhada, sem texto, do romance "O Idiota", de Dostoievski.

Já Pablo Mayer, atualmente a viver na República da Irlanda, dedica-se sobretudo à ilustração para imprensa e para livros para a infância.

O 24.º Festival de Banda de Banda Desenhada da Amadora termina no dia 10 de novembro.

Ler mais

Exclusivos