Criador de Astérix passou testemunho a três jovens

Alegando cansaço, Albert Uderzo, criador das aventuras de Astérix e Obélix, passou o testemunho aos desenhadores Frédéric e Thierry Mébarki e ao guionista Jean-Yves Ferri, noticiou a agência Efe, citando a imprensa francesa.

"Estou um pouco cansado, os anos passaram e pesam. Decidi deixar isto a autores mais jovens, que têm talento suficiente para que as personagens sobrevivam", afirmou Uderzo, de 84 anos, que criou em 1959, juntamente com o guionista René Goscinny, as histórias sobre uma pequena aldeia gaulesa rebelde que resiste à Roma do imperador Júlio César.

Depois da morte de Goscinny, em 1977, Albert Uderzo assumiu os comandos da saga, que já vendeu 350 milhões de exemplares em todo o mundo e deu origem a 11 filmes, incluindo de desenhos-animados.

Um novo livro de aventuras vai ser editado em 2012, ano em que deverá estrear igualmente o filme "Astérix e Obélix, God Save Britannia", que contará, uma vez mais, com o actor francês Gérard Depardieu.

As histórias de Astérix e Obélix estão traduzidas em mais de 107 línguas e dialectos. Um parque de diversões foi construído nos arredores de Paris.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG