Ira americana e gelo sueco

"Borg vs McEnroe", de Januz Metz

Filmar a falha humana dos campeões. É esta a tarefa de Janus Metz e o resultado é uma agradável surpresa, uma visão honesta sobre uma rivalidade desportiva que se transformou numa história de amizade, aquela entre John McEnroe e o Bjorn Borg (em Portugal o equivalente seria alguém filmar a rivalidade entre Jorge Jesus e Rui Vitória na luta renhida na Liga 2015/2016, mas não haveria amizade alguma...).

Aqui há um fascínio nas personagens, na sua iconografia, que não se explica. De um lado a ira do americano, do outro o gelo do sueco. Apesar de já sabermos como termina a final de Wimbledon 1980, surge uma exaltação de thriller bem inquietante...

Borg vs McEnroe é um filme sempre espicaçado e com detalhes de montagem absolutamente enérgicos, um verdadeiro crowd-pleaser, uma agrada-multidões que parece conquistou imprensa e público no Festival de Toronto.

Classificação: **** (Muito bom)

Exclusivos