Vendas de "Os Maias" subiram 48% desde que filme se estreou

Entre o ano passado e este o número de exemplares vendidos do romance de Eça de Queirós aumentou 48% nas lojas Fnac. A adaptação cinematográfica de João Botelho mantém-se o filme português mais visto do ano

"Enganei-me e fiz um blockbuster", diz João Botelho ao DN. Na verdade, a sua adaptação de Os Maias, de Eça de Queirós, que se estreou nas salas de cinema portuguesas a 11 de setembro, é o filme português mais visto do ano e este sucesso está também a refletir-se na venda do livro. Segundo fonte da cadeia de lojas Fnac, comparando o período de vendas entre 1 de setembro e 15 de outubro de 2014 com 2013, verifica-se um crescimento de vendas de 48%, valor calculado com base nos livros vendidos de cinco edições distintas.

Leia mais na edição e-paper do DN

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Estou a torcer por Rio apesar do teimoso Rui

Meu Deus, eu, de esquerda, e só me faltava esta: sofrer pelo PSD... É um problema que se agrava. Antigamente confrontava-me com a fria ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, e agora vejo a clarividente e humana comentadora Manuela Ferreira Leite... Pacheco Pereira, um herói na cruzada anti-Sócrates, a voz mais clarividente sobre a tragédia da troika passista... tornou-se uma bússola! Quanto não desejei que Rangel tivesse ganho a Passos naquele congresso trágico para o país?!... Pudesse eu escolher para líder a seguir a Rio, apostava tudo em Moreira da Silva ou José Eduardo Martins... O PSD tomou conta dos meus pesadelos! Precisarei de ajuda...?