Sam Mendes, presidente do festival de cinema de Veneza

O realizador dos filmes de James Bond preside o painel de jurados da 73.ª edição do festival de cinema.

"Sinto-me muito honrado de ter sido convidado", declarou o realizador, citado pelo jornal britânico The Guardian. "Sempre tive uma ligação pessoal forte com Veneza; como estudante trabalhei três meses na coleção Peggy Guggenheim em 1984, e a minha memória mais feliz de um festival é lançar o Caminho para a Perdição em 2002".

A sua vocação para realizar um teatro e um cinema pessoais unidos à busca de formas de comunicar com um grande número de espectadores encontra em Sam Mendes uma síntese particularmente eficaz e convincente", considerou o diretor do festival, Alberto Barbera. Partiu dele a proposta do nome do realizador de Beleza Americana e Revolutionary Road ao conselho de administração da Bienal de Veneza, presidido por Paolo Baratta.

O Festival de Veneza é o mais antigo do mundo e este ano realiza-se entre 31 de agosto e 10 de setembro. O júri é composto por nove pessoas do mundo do cinema e da cultura de vários países, cujos nomes ainda não foram revelados.

Ler mais

Exclusivos