Pedra, plasticina e pontapé na bola

Crítica a "A Idade da Pedra", de Nick Park.

Não é todos os dias que temos nas nossas salas um filme em stop motion. (Veja-se a sorte, este ano chegará pelo menos mais um: Ilha dos Cães, de Wes Anderson). Sobretudo, não é todos os dias que temos em cartaz uma animação do calibre de A Idade da Pedra. Nick Park não trabalha para resultados apenas satisfatórios.

O realizador por detrás das aventuras de Wallace & Gromit e A Fuga das Galinhas é um verdadeiro mestre deste universo de figuras de plasticina que se movem dentro de um registo humorístico muito british. Com a inteligência que lhe é característica, Park volta a ser dono e senhor de um brilhante entretenimento, em que os homens das cavernas jogam à bola com as "estrelas" da Idade do Bronze, tendo por pano de fundo a própria origem do futebol numa Manchester cheia de erupções vulcânicas! Eis uma rica diversão para miúdos e graúdos.

Classificação: **** (Muito bom)

Ler mais

Exclusivos

Premium

Opinião

Os irados e o PAN

A TVI fez uma reportagem sobre um grupo de nome IRA, Intervenção e Resgate Animal. Retirados alguns erros na peça, como, por exemplo, tomar por sério um vídeo claramente satírico, mostra-se que estamos perante uma organização de justiceiros. Basta, aliás, ir à página deste grupo - que tem 136 000 seguidores - no Facebook para ter a confirmação inequívoca de que é um grupo de gente que despreza a lei e as instituições democráticas e que decidiu fazer aquilo que acha que é justiça pelas suas próprias mãos.

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.