Paul McCartney escolhe as 67 melhores canções

Coletânea chama-se "Pure McCartney" e será lançada a 10 de junho.

Desta vez não vai haver Yesterday nem Love Me Do. Os temas que Paul McCartney fez com os Beatles podem ser muito bons mas não têm lugar em Pure McCartney. Esta será uma coletânea com 67 temas que atravessam toda a carreira do músico britânico após os Beatles (1960-70) - ou seja, desde a sua estreia a solo, em 1970, com o álbum McCartney, até às canções mais recentes, como Hope for the Future (composta em 2014 para o jogo de video Destiny) ou o remix do ano passado para Say Say Say (uma colaboração com Michael Jackson incluída em Pipes of Peace). O lançamento está agendado para 10 de junho e além da versão longa, com quatro CD, haverá uma versão reduzida com apenas 2 CD (e só 39 músicas) e ainda a possibilidade de comprar a caixa com quatro discos em vinil (neste caso com 41 canções).

McCartney, 73 anos de vida e uma demasiado extensa lista de boas canções no currículo, anunciou o projeto no seu site oficial dizendo: "Eu e a minha equipa tivemos a ideia de fazer uma coleção de gravações minhas sem qualquer outro objetivo que não seja ter alguma coisa que dê prazer ouvir." E referindo-se ao facto de serem tantas as músicas escolhidas: "Talvez seja para ouvir numa longa viagem de carro ou num serão em casa, numa festa com amigos." Foi a pensar nisso que escolheu os temas tão diferentes e de fases distintas da sua carreira.

"A palavra carreira talvez não seja a mais adequada, para mim tem sido mais uma aventura musical do que um trabalho", comentou. "Deixa-me feliz, e muitas vezes espanta-me, o facto de ter estado envolvido na escrita e na gravação de tantas canções, tão diferentes umas das outras."

Na coletânea será possível alguns dos êxitos de McCartney com os Wings, como Jet, Band on the Run ou Live and Let it Die (1973), temas incontornáveis dos anos 80 como Pipes of of Peace, Ebony and Ivory (com Stevie Wonder), We All Stand Together e No More Loney Nights, mas também outros menos conhecidos.

O último álbum de originais de Paul McCartney foi New, editado em 2013. Neste momento, o músico prepara-se para a sua próxima digressão a solo, One to One: arranca no dia 13 em Fresno, nos EUA, e no final de maio chega à Europa com concertos agendados em Düsseldorf, Paris, Madrid, Munique, Berlim e Praga. Quem sabe, talvez ainda seja possível incluir Lisboa nesta lista.

Este é o alinhamento completo da coletânea:

'PURE McCARTNEY': 4CD - 67 faixas

DISCO 1:
1. Maybe I'm Amazed
2. Heart Of The Country
3. Jet
4. Warm And Beautiful
5. Listen To What The Man Said
6. Dear Boy
7. Silly Love Songs
8. The Song We Were Singing
9. Uncle Albert / Admiral Halsey
10. Early Days
11. Big Barn Bed
12. Another Day
13. Flaming Pie
14. Jenny Wren
15. Too Many People
16. Let Me Roll It
17. New

DISCO 2:
1. Live and Let Die
2. English Tea
3. Mull of Kintyre
4. Save Us
5. My Love
6. Bip Bop
7. Let 'Em In
8. Nineteen Hundred and Eighty Five
9. Calico Skies
10. Hi, Hi, Hi
11. Waterfalls
12. Band on the Run
13. Appreciate
14. Sing The Changes
15. Arrow Through Me
16. Every Night
17. Junior"s Farm
18. Mrs Vandebilt

DISCO 3:
1. Say Say Say [2015 Remix]
2. My Valentine
3. Pipes of Peace
4. The World Tonight
5. Souvenir
6. Dance Tonight
7. Ebony and Ivory
8. Fine Line
9. Here Today
10. Press
11. Wanderlust
12. Winedark Open Sea
13. Beautiful Night
14. Girlfriend
15. Queenie Eye
16. We All Stand Together

DISCO 4:
1. Coming Up
2. Too Much Rain
3. Good Times Coming / Feel the Sun
4. Goodnight Tonight
5. Baby"s Request
6. With a Little Luck
7. Little Willow
8. Only Mama Knows
9. Don"t Let it Bring You Down
10. The Back Seat Of My Car
11. No More Lonely Nights
12. Great Day
13. Venus and Mars / Rock Show
14. Temporary Secretary
15. Hope For The Future
16. Junk

Ler mais

Exclusivos

Premium

robótica

Quando os robôs ajudam a aprender Estudo do Meio e Matemática

Os robôs chegaram aos jardins-de-infância e salas de aula de todo o país. Seja no âmbito do projeto de robótica do Ministério da Educação, da iniciativa das autarquias ou de outros programas, já há dezenas de milhares de crianças a aprender os fundamentos básicos da programação e do pensamento computacional em Portugal.

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...