Pablo Neruda pode ser exumado

Depois de Salvador Allende e Eduardo Frei Montalva, justiça chilena investiga morte do poeta.

Pablo Neruda foi o último nome a juntar-se à lista de 726 pedidos de investigação sobre mortes em circuntâncicas duvidosas que o Ministério Público chileno entregou em Janeiro ao juiz Mario Carroza, e na qual também já foram incluídos Salvador Allende e Eduardo Frei Montalva. Após a exumação do cadáver de Salvador Allende, a 23 de Maio, afigura-se agora a hipótese de o mesmo vir a acontecer com o Prémio Nobel da Literatura em 1971 e o resultado das investigações em curso promete ajudar a reescrever a história recente do Chile, marcada pela ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Exclusivos