Morreu a fadista Alice Maria, aos 85 anos

Alice Maria cantou durante vários anos nas casas de fado "Tipóia" e "A Severa", em Lisboa

A fadista Alice Maria, que durante muitos anos fez parte do elenco da casa de fados "A Severa", morreu hoje de manhã, aos 85 anos, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, informou a Casa do Artista.

O corpo da cantora estará na capela do hospital a partir das 10:00 de sábado e seguirá, às 13:30, para o cemitério dos Olivais, onde será cremado.

Alice Maria cantou durante vários anos nas casas de fado "Tipóia" e "A Severa", em Lisboa, e participou em vários programas televisivos, tendo celebrizado fados como "Castigo de Deus" (Frederico de Brito) e "Fado Regresso" (Artur Lobato/Casimiro Ramos).

Do seu repertório, parte recuperado em CD, na coleção "Fados do Fado", da Movieplay Portuguesa, coordenada por José Manuel Osório, fazem parte "Dois Cigarros" (António José Lampreia/Marcha de Alfredo Correiro), "Varinas" (Fernanda de Castro/Frei Hermano da Câmara), "Vem Como és Amor" (Vasco de Lima Couto/Armindo Fernandes), "Vieste Dizer-me Adeus" (Augusto Mascarenhas Barreto/Armandinho) e "Fado Triste" (António Lopes Ribeiro/Frederico de Freitas).

A fadista assinou também várias letras dos fados que interpretou.

Ler mais

Exclusivos