Maria João Pires e Coro Gulbenkian na corrida aos óscares da clássica

Gravações de dois concertos de Beethoven e de uma ópera de Richard Strauss valeram, respetivamente, à pianista e ao coro nomeações para prémios da revista inglesa Gramophone

A pianista portuguesa Maria João Pires é candidata a receber em setembro um Prémio Gramophone na categoria "Concerto" pela gravação dos Concertos n.º 3 e n.º 4, de Beethoven, com a Sinfónica da Rádio Sueca, dirigida por Daniel Harding. Trata-se da sua gravação de estreia para a Onyx Classics, etiqueta para a qual grava desde 2014.

Noutra categoria, a de "Ópera", o Coro Gulbenkian é também candidato à obtenção de um Prémio Gramophone, pois integrou a produção da ópera Elektra, de Richard Strauss, no Festival de Arte Lírica de Aix-en-Provence de 2013, cuja edição em DVD (saída na Bel Air Classiques) se perfila na lista dos seis possíveis vencedores.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".