Lorenzo Viotti, 27 anos, é novo maestro titular da Orquestra Gulbenkian

Lorenzo Viotti assume a direção da Orquestra Gulbenkian

O maestro franco-suíço Lorenzo Viotti foi nomeado maestro titular da Orquestra Gulbenkian a partir de 2018 e durante três anos, anunciou hoje a Fundação Calouste Gulbenkian.

O maestro, de 27 anos, desenvolverá "o perfil artístico da orquestra", com um "repertório desde o período clássico até aos nossos dias" e trabalhará também com o Coro Gulbenkian, explica a fundação, em comunicado.

Lorenzo Viotti fotografado na escadaria da sede da Gulbenkian

Lorenzo Viotti - que atuou este ano duas vezes na Gulbenkian - será maestro titular da orquestra a partir da temporada de música de 2018/2019, mas segundo a fundação, irá já desempenhar funções em dois programas já na próxima primavera.

O diretor da Gulbenkian Música, Risto Nieminen, afirma que "Lorenzo Viotti é um músico que tem a ambição de tornar especial cada um dos seus concertos" e que tem uma capacidade natural "para fazer a música comunicar com o público"

Tendo dirigido pela primeira vez uma orquestra em 2013, Lorenzo Viotti soma vários prémios internacionais, nomeadamente o de jovens maestros do Festival de Salzburgo de 2015 e o International Opera Newcomer Award, já este ano.

A Orquestra Nacional de França, a Filarmónica de Roterdão, a Jovem Orquestra Gustav Mahler e a Orquestra Filarmónica Real são algumas das formações que Viotti já dirigiu.

Lorenzo Viotti nasceu em Lausanne, na Suíça, numa família italo-francesa. Estudou piano, canto, percussão e direção de orquestra.

Últimas notícias

Conteúdo Patrocinado

Mais popular

  • no dn.pt
  • Artes
Pub
Pub