Funeral de João Ferreira-Rosa realiza-se na terça-feira

Velório amanhã a partir das 18.00 em Lisboa. Fadista morreu hoje aos 80 anos.

As exéquias do fadista João Ferreira-Rosa, que morreu hoje aos 80 anos, no hospital Beatriz Ângelo, em Loures, realizam-se na terça-feira, em Lisboa, na igreja de S. Sebastião da Pedreira, disse à Lusa fonte próxima da família.

O velório do fadista realiza-se na segunda-feira a partir das 18:00, na igreja de S. Sebastião da Pedreira, em Lisboa, sendo rezada missa de corpo presente na terça-feira pelas 14:30, seguindo o funeral para o cemitério do Alto de S. João, onde se efetua a cerimónia de cremação, segundo a mesma fonte.

O fadista João Ferreira-Rosa, que morreu hoje aos 80 anos, foi um "irredutível defensor do fado tradicional", que construiu um repertório marcado pela "autenticidade", afirma a Associação Portuguesa dos Amigos do Fado (APAF).

Ler mais

Exclusivos

Premium

Anselmo Borges

"Likai-vos" uns aos outros

Quem nunca assistiu, num restaurante, por exemplo, a esta cena de estátuas: o pai a dedar num smartphone, a mãe a dedar noutro smartphone e cada um dos filhos pequenos a fazer o mesmo, eventualmente até a mandar mensagens uns aos outros? É nisto que estamos... Por isso, fiquei muito contente quando, há dias, num jantar em casa de um casal amigo, reparei que, à mesa, está proibido o dedar, porque aí não há telemóvel; às refeições, os miúdos adolescentes falam e contam histórias e estórias, e desabafam, e os pais riem-se com eles, e vão dizendo o que pode ser sumamente útil para a vida de todos... Se há visitas de outros miúdos, são avisados... de que ali os telemóveis ficam à distância...