Festival de Sydney arranca hoje com cinco produções nacionais no programa

Quatro filmes portugueses e uma coprodução nacional, entre os quais "Ama San" e "São Jorge", integram o Festival de Cinema de Sydney, na Austrália, que começa hoje.

O festival decorrerá de hoje a 18 de junho e o programa apresenta, fora de competição, as longas-metragens São Jorge, de Marco Martins, e O ornitólogo, de João Pedro Rodrigues, já estreados em Portugal e que prosseguem agora o caminho internacional.

A eles, no festival de Sydney, junta-se ainda A floresta das almas perdidas, filme de José Pedro Lopes que teve estreia este ano no Fantasporto e só chegará aos cinemas portugueses depois do verão.

Na Austrália estará também o documentário Ama-San, de Cláudia Varejão, num programa dedicado a vozes femininas da Europa, e Porto, filme do realizador brasileiro Gabe Klinger, rodado em 2015 no Porto, coproduzido por Portugal.

O Festival de Cinema de Sydney, que existe há mais de 60 anos, atribuiu o prémio máximo em 2015 ao tríptico As mil e uma noites, de Miguel Gomes.

Ler mais

Exclusivos