Estado compra obra do pintor António Soares por 6500 euros

"Entre Ato de Ballet" foi adquirido em leilão na sexta-feira e irá para o Museu do Teatro e da Dança.

A pintura "Entre Ato de Ballet", de António Soares (1894-1978) foi adquirida pela Direção-geral do Património Cultural (DGPC) para integrar a coleção do Museu Nacional do Teatro e da Dança, em Lisboa, foi hoje anunciado.

Esta tela em óleo sobre cartão tem como tema central a dança e o palco, neste caso o ballet propriamente dito, com personagens inspiradas na Commedia Dell'arte, indica um comunicado da DGPC.

Entre Ato de Ballet foi adquirida por 6 500 euros num leilão realizado pela leiloeira Renascimento Avaliações e Leilões, na sexta-feira, 16 de outubro.

A DGPC justifica a aquisição pela importância do pintor António Soares na História das Artes Plásticas em Portugal no século XX, sobretudo na corrente do modernismo.

É "da maior relevância a aquisição de obras suas que passem a integrar as coleções nacionais e o nosso património artístico", sustenta aquele organismo, acrescentando que o pintor já se encontra representado no Museu Nacional do Teatro e da Dança com desenhos originais para maquetas de cenário, e figurinos ou com outros trabalhos dedicados ao teatro e à dança.

Todavia, a DGPC refere que nenhuma daquelas obras tem "as características e a singularidade do agora adquirido" quadro Entre Ato de Ballet.

O Museu Nacional do Teatro e da Dança considera que a aquisição é "uma oportunidade única de poder apresentar em contexto expositivo/museográfico um trabalho absolutamente singular deste autor, que complementa com grande pertinência e perspetiva critica e historiográfica o conhecimento e visibilidade da sua obra".

Ler mais

Exclusivos