Entregue petição contra fim do Alkantara Festival

Cerca de 70 espectadores entregaram hoje, na Secretaria de Estado da Cultura (SEC), uma petição em defesa da continuidade do Alkantara Festival -- Festival Internacional de Artes Performativas, cuja 13.ª edição terminou no domingo, em Lisboa.

Contactado pela agência Lusa, Francisco Frazão, programador de teatro da Culturgest e uma das pessoas envolvidas na criação da petição, disse que a entrega do documento na SEC foi acompanhada de "um protesto simbólico de entrega de bilhetes dos espetáculos [guardados em 230 sobrescritos], por algumas dezenas de espetadores, cerca de 70".

Centrado nas artes performativas e na área transdisciplinar, o Alkantara Festival realiza-se de dois em dois anos, mas, este ano, a direção alertou para a possibilidade de esta 13.ª edição, que encerrou no domingo, ser a última, devido ao significativo corte de apoios.

A SEC ainda chegou a reforçar o orçamento com um apoio extraordinário para a atual edição, mas os peticionários - na mesma linha da direção do Alkantara - consideram que, a manterem-se as atuais regras dos concursos da Direção-Geral das Artes (DGArtes), o certame não poderá sobreviver.

"A petição foi entregue na portaria, assim como os bilhetes, guardados em 230 envelopes. Portanto houve pelo menos 230 pessoas que ficaram indignadas com a possibilidade de o festival acabar, e que decidiram manifestar-se", sublinhou Francisco Frazão à Lusa.

O programador indicou ainda que a petição, com mais de mil assinaturas, também tem agora uma versão em inglês e vai continuar online para receber assinaturas de artistas e público estrangeiro, devido às ligações internacionais do festival.

Questionado se tencionam levar a petição ao Parlamento, Francisco Frazão disse que não: "A ideia foi sempre apresentar o protesto na tutela da Cultura, que é a responsável pelos concursos públicos de apoio às artes".

Os peticionários consideram que "o festival não teve hipótese de concorrer de forma justa, dadas as atuais regras".

A 13.ª edição do Alkantara Festival - Festival Internacional de Artes Performativas, que terminou no domingo, recebeu 11.225 espectadores este ano, superando os números da anterior, em 2012, de acordo com dados hoje divulgados pela organização.

Nesse balanço, a organização indica que a taxa de ocupação média dos espetáculos foi de 94 por cento, ao longo dos 27 dias do festival, que apresentou uma programação com 16 propostas artísticas e um total de 46 sessões.

Ao todo, participaram 170 artistas e 50 programadores, nesta edição do festival, que tem por objetivo verificar as novas tendências nacionais e mundiais, nas artes performativas e na área transdisciplinar, a cada dois anos.

Na edição passada, em 2012, a organização registou um total de 9.800 espectadores e uma taxa de ocupação média dos espetáculos de 74 por cento.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".