"Ensaio sobre a Cegueira" em edição de "arte" com ilustrações de Rogério Ribeiro

O romance "Ensaio sobre a Cegueira", de José Saramago, publicado numa "edição única e exclusiva" de apenas 500 exemplares, com prefácio de Vasco Graça Moura e ilustrações do pintor Rogério Ribeiro, está a partir desta quarta-feira nas livrarias.

"Esta é uma edição única e irrepetível, que nasce da amizade do editor José da Cruz Santos com José Saramago, que o juntou a Vasco Graça Moura e Rogério Ribeiro", explica a editora Guerra & Paz, responsável pela edição desta obra.

Trata-se de uma "edição raríssima do aclamado romance de José Saramago" - adaptado ao cinema em 2008 por Fernando Meirelles, numa produção conjunta do Japão, Brasil e Canadá - com um "prefácio inédito de Vasco Graça Moura e dez ilustrações do pintor Rogério Ribeiro", que fazem deste também um "livro de arte".

"São apenas 500 exemplares, publicados em edição de capa dura e lombada de tecido, que perpetuam o encontro destes três nomes, num livro que não voltará a ser editado", destaca a editora.

Ensaio sobre a Cegueira começa com um homem que fica cego, inexplicavelmente, quando se encontra no seu carro no meio do trânsito.

A cegueira alastra rapidamente até uma cegueira coletiva.

Neste romance, as personagens não têm nome e "são pouco características", sendo "identificadas por atributos sumários (o primeiro cego, a mulher dele, o rapaz estrábico, a rapariga dos óculos escuros, o médico, a mulher do médico...)", como destaca Vasco Graça Moura, no prefácio.

O autor de dois livros que intitulou de Ensaio (Ensaio sobre a cegueira e Ensaio sobre a lucidez) falou de si nestes termos: "provavelmente não sou um romancista; provavelmente eu sou um ensaísta que precisa de escrever romances porque não sabe escrever ensaios".

Ler mais

Exclusivos