Cinco canções que foram consideradas... plágio

De Radiohead a George Harrison, passando por Flaming Lips, descubra alguns dos alegados plágios mais famosos da música

Se o plágio é a mais sincera forma de elogio, há "elogios" que ficaram famosos na história da música, mais até do que as canções (ou partes delas) em que se basearam - de Radiohead a George Harrison, passando por Flaming Lips. O jornal espanhol ABC fez uma recolha dos casos que ficaram provados em tribunal ou em que os artistas aceitaram pagar direitos. Aqui ficam alguns e outros que também são famosos:

Creep - Radiohead

Foi o primeiro grande êxito da banda britânica, lançando uma carreira de quase 30 anos, marcada pela originalidade. Curiosamente, parte da canção é muito parecida com outro êxito de meados dos anos 70, "The Air That I Breathe", dos The Hollies. Os autores da "original" ganharam o processo e foram incluídos nos créditos de "Creep", uma música de que a banda de Oxford, aliás, nunca gostou muito.

My Sweet Lord - George Harrison

O Beatle George Harrison já tinha provas dadas como compositor - são dele clássicos como "While My Guitar Gently Weeps", "Here Comes The Sun" e "Something" -, mas quando se lançou a solo caiu no erro do "elogio". "My Sweet Lord" é demasiado parecida com "He's So Fine", um tema dos The Chiffons, de 1963. O juiz disse que foi "plágio inconsciente".

Fight Test - The Flaming Lips

Não há muita discussão quanto às semelhanças entre "Fight Test" e "Father and Son". O grupo e o cantor chegaram a acordo e partilham direitos de autor.

Ice Ice Baby - Vanilla Ice

Quase não é preciso ouvir a "original" para perceber que aquela linha de baixo é demasiado familiar. E não é pela canção ter 25 anos, é porque foi copiada de "Under Pressure", dos Queen e David Bowie. Vanilla Ice aceitou pagar para não ir a tribunal.

Stay with me - Sam Smith

Sam Smith esteve envolvido numa polémica por causa desta canção e acabou admitir semelhanças entre "Stay With Me" e "I Won't Back Down", uma música de Tom Petty, de 1989. Smith aceitou pagar direitos de autor e Petty não lhe levou a mal. "Estas coisas acontecem", disse.

O ABC refere ainda "Shakermaker", dos Oasis, "Blurred Lines", de Robin Thicke, e "Wanna Be Startin' Somethin'", de Michael Jackson.

A Billboard também refere algumas destas canções e outras num artigo sobre oito músicas acusadas de plágio que chegaram ao Top 100 da Billboard.

Ler mais

Exclusivos