Arnaud Desplechin pode sonhar com os Césares

Três Recordações da Minha Juventude e Marguerite: dois filmes a ter em atenção. Estão prestes a chegar ao nosso mercado

Marguerite, de Xavier Giannoli e Três Recordações da Minha Juventude, de Arnaud Desplechin são os grandes vencedores das nomeações para os prémios da Academia francesa, os Césares. Onze nomeações para cada um num ano em que a lista varia entre "cinema do mundo", projetos de autor e forte piscar de olho aos grandes êxitos comerciais como Marguerite, uma comédia que em Portugal passou despercebida. Quanto a Três Recordações da Minha Juventude, seguramente um dos melhores filmes franceses do ano, tem estreia marcada para Portugal em março depois de um inegável triunfo de crítica na Quinzena dos Realizadores, em Cannes.

Deneuve vs Huppert

De notar a ausência muito flagrante de um filme como L"Ombre des Femmes, de Philippe Garrel, outro dos grandes filmes franceses em 2015, sobretudo num ano em que concorrem para melhor filme oito produções. Deixar de fora um Garrel com esta qualidade está a deixar o meio cinéfilo francês perplexo. Estranha também a inclusão de Catherine Deneuve como atriz principal em La Tête Haute, onde apenas tem uma pequena participação. Teremos então mais um duelo com Isabelle Huppert, nomeada no mal-amado Valley of Love. As rivais estão de novo em fogo cruzado.

Na categoria dos atores melhor esperança, será um ano interessante. Escolher entre Swann Arlaud em Os Anarquistas, Rod Paranot em La Tête Haute, Quentin Dolmaire em Três Recordações da Minha Juventude e Finnegan Oldfield em Les Cowboys é tarefa impossível. Já nas atrizes, Lou-Roy Lecollinet, também em Três Recordações da Minha Juventude parte como única favorita, o mesmo se passando a Emmanuelle Bercort em Meu Rei, na categoria de melhor atriz principal.

Vincent Lindon, em A Lei do Mercado e Fabrice Luchini, em L"Hermine levam vantagem para o César de melhor ator.

No dia 26 de fevereiro o Teatro Chatelet, em Paris, recebe a cerimónia de entrega das estatuetas. Muitos destes filmes estão prestes a chegar ao nosso mercado. Quem sabe se já com este "carimbo".

Ler mais