Estes foram os 10 museus mais visitados do mundo em 2017

O Louvre, em Paris, o Museu Nacional da China e o Metropolitan, em Nova Iorque, lideram a lista do "The Art Newspaper".

Maria João Caetano
Exposição de Eugene Delacroix inaugurou esta semana no Louvre, em Paris© EPA/ETIENNE LAURENT

Com 8 milhões e 100 mil visitantes no ano passado, o Louvre, em Paris, mantém-se como o museu mais visitado do mundo, de acordo com os dados compilados pelo The Art Newspaper. O museu onde se encontra a famosa Mona Lisa, de Leonardo Da Vinci, está ainda a recuperar de um decréscimo no número de entradas em 2016 ("apenas" 7, millhões) devido aos atentados terroristas em Paris e, apesar de se manter no topo da tabela, ainda não conseguiu chegar aos 8,6 milhões de visitantes que teve em 2015.

Esta publicação especializada costuma publicar anualmente em abril a lista dos 100 museus mais visitados do mundo e, para já, ainda só divulgou as instituições que ocupam as dez primeiras posições dessa lista.

No segundo lugar, muito perto do Louvre, está o Museu Nacional da China, em Pequim, com mais de 8 milhões de visitantes. O pódio fica completo com o Metropolitan Museum of Art, em Nova Iorque, que teve perto de 6,693 milhões de visitantes.

Apesar de ser a primeira vez que que o Museu da Praça de Tianamen aparece no relatório do The Art Newspaper, no ano passado um outro relatório, produzido pela Themed Entertainment Association já dizia que este tinha sido o museu mais visitado do mundo em 2016, com 7,55 milhões de visitantes.

Os Museus do Vaticano (6,427 milhões), o British Museum, em Londres (5,906 milhões), a Tate Modern, também em Londres (5,656 milhões), a National Gallery of Art, em Washington (5,232 milhões), a National Gallery, em Londres (5,229 milhões) o National Palace Museum, em Taipei (4,436 milhões) e o State Hermitagee Museum, em Sampetersburgo (4,2 milhões) completam a lista dos dez museus mais visitado do mundo em 2917.

O Art Newspapaer elenca ainda as exposições mais visitadas em museus e galerias de todo o mundo, do Tokyo National Museum ao Musée D'Orsay (Paris), da Saatchi Gallery (Londres) ao Guggenheim (Bilbau), passando pela Fundação Louis Vuitton (Paris) ou Reina Sofia (Madrid). E tem ainda listas das exposições mais visitadas em 2017, agrupadas tematicamente. Ficamos assim a saber que a exposição mais visitada tinha apenas 21 obras de Unkei escultor japonês do século XII mas conseguiu levar ao Museu Nacional de Tóquio mais de 600 mil visitantes (o que dá uma média de mais de 11 mil visitantes por dia).