À Procura de uma Estrela. Um Bradley Cooper "bad boy" na alta cozinha

Rui Pedro Tendinha escreve sobre o novo filme do ator Bradley Cooper "À Procura de uma Estrela"

Nota: 3/5

Um Bradley Cooper bad boy na alta cozinha

Os Weinstein, os irmãos que fundaram a Miramax e de vez em quando parecem mandar na Academia de Hollywood, agora apostam em cinema para "foodies" em vez de cinéfilos. A ideia de Burnt, no papel, parecia assim um golpe baixo para fazer dinheiro fácil: a maior estrela de Hollywood do momento, Bradley Cooper, e uma exibição desavergonhada do luxo do mundo da alta gastronomia, sobretudo quando a "causa gourmet" parece estar na moda. Na realidade, o que acontece é um filme perto de um estado de graça de simpatia, mercê de um argumento enxuto e inteligente de Steven Knight (já tinha escrito A Viagem dos Cem Passos) e com um desfile honesto do "star power" de Cooper, menos galã do que outras vezes e mais "character ator".

O que não nos liga tanto a esta história ou guia de como obter 3 estrelas Michelin é talvez a "mise-en-scéne" de John Wells (Um Quente Agosto), a puxar demasiado a uma estética "pub" modernaça com uma fórmula pesada de conto de competição com as peripécias no sítio. As coisas só vão ao sítio quando assume um divertido ângulo de "thriller" na cozinha em busca da melhor receita. Aí sim, yes chef!

Título Original: Burnt

Realizador: John Wells

Ano: 2015

Ler mais

Exclusivos