26 assistidos no hospital devido a acidente em concerto de Ivete Sangalo

Parte de um camarote desabou. Cantora interrompeu espetáculo momentaneamente

Parte de um camarote desabou durante um concerto de Ivete Sangalo na madrugada de domingo no Odonto Fantasy, em Aracaju, estado de Sergipe. Sessenta pessoas ficaram com ferimentos, segundo o G1, das quais 26 tiveram de receber assistência hospitalar.

A cantora brasileira interrompeu o espetáculo, tendo pedido calma ao público. Depois disso, a organização do evento pediu a todas as pessoas daquele camarote para se deslocarem para outros locais para que aquela área fosse isolada.

O concerto reiniciou pouco depois, após uma vistoria ao local, onde no total se encontrariam cerca de 20 mil pessoas.

A organização do evento, que já acontece há 20 anos, pediu desculpa pelo ocorrido, lamentando os ferimentos e a preocupação provocada pelo acidente. Garantiu ainda que "a estrutura contratada pelo evento estava licenciada e vistoriada".

Vai ser aberto um inquérito para apurar as causas do desabamento.

Exclusivos

Premium

história

A América foi fundada também por angolanos

Faz hoje, 25 de agosto, exatos 400 anos que desembarcaram na América os primeiros negros. Eram angolanos os primeiros 20 africanos a chegar à América - a Jamestown, colónia inglesa acabada se ser fundada no que viria a ser o estado da Virgínia. O jornal The New York Times tem vindo a publicar uma série de peças jornalísticas, inseridas no Project 1619, dedicadas ao legado da escravatura nos Estados Unidos. Os 20 angolanos de Jamestown vinham num navio negreiro espanhol, a caminho das minas de prata do México; o barco foi apresado por piratas ingleses e levados para a nova Jamestown. O destino dos angolanos acabou por ser igual ao de muitos colonos ingleses: primeiro obrigados a trabalhar como contratados e, ao fim de alguns anos, livres e, por vezes, donos de plantações. Passados sete anos, em 1626, chegaram os primeiros 11 negros a Nova Iorque (então, Nova Amesterdão) - também eram angolanos. O Jornal de Angola publicou ontem um longo dossiê sobre estes acontecimentos que, a partir de uma das maiores tragédias da História moderna, a escravatura, acabaram por juntar o destino de dois países, Angola e Estados Unidos, de dois continentes distantes.