Ilustradoras Yara Kono e Marta Monteiro selecionadas para Feira do Livro de Bolonha

Autoras concorrem ao prémio anual internacional da Feira que se realiza em Itália de 3 a 6 de abril.

As ilustradoras portuguesas Yara Kono e Marta Monteiro foram selecionadas para a exposição de ilustração da Feira do Livro Infanto-Juvenil de Bolonha, em abril, em Itália, revelou hoje a organização.

A exposição, um dos eventos daquela feira do livro, reúne trabalhos de dezenas de ilustradores de todo o mundo, sendo atribuído um prémio anual internacional. Este ano, entre os cerca de 70 autores selecionados, o júri da exposição escolheu Marta Monteiro, pelas ilustrações para o livro Ana de Castro Osório, a mulher que votou na literatura, escrito por Carla Maia de Almeida, e Yara Kono, pelo livro Batata chaca-chaca.

Às duas autoras juntam-se ainda, por exemplo, a polaca Tina Siuda, a viver no Porto, e o espanhol Manuel Marsol, que tem duas obras publicadas em Portugal.

Ana de Castro Osório, a mulher que votou na literatura, sobre a escritora, feminista e ativista que viveu no começo do século XX, saiu em 2015 no âmbito de uma coleção de livros para crianças e jovens sobre personalidades portuguesas, editado pela Imprensa Nacional Casa da Moeda, com a editora Pato Lógico.

Marta Monteiro, que se reparte entre o ensino, a ilustração e o cinema de animação, é autora de livros como Sombras, Amores de família, com Carla Maia de Almeida, e Um dia de loucos, com texto de Walter Benjamin.

Batata chaca-chaca, editado em 2016 pela Planeta Tangerina, é um livro em que Yara Kono descreve todos os passos para a confecção de uma refeição completa, deixando perguntas e convidando o leitor a manusear o livro consoante os passos da receita. Nascida no Brasil, em 1972, Yara Kono faz parte da equipa criativa da editora Planeta Tangerina, na qual tem vários títulos publicados, entre os quais Uma onda pequenina, Gato procura-se, A manta, uma história aos quadradinhos e ABZZZ.

Em 2010, ganhou o Prémio Nacional de Ilustração, com O Papão no Desvão, de Ana Saldanha, e, em 2013, ganhou uma menção do júri da Feira de Bolonha com o livro A Ilha, escrito por João Gomes de Abreu.

Todos os anos, a exposição de ilustração tem contado com a participação de ilustradores portugueses, como Cristina Valadas, André Letria, Bernardo Carvalho, Carolina Celas, Gémeo Luís e Catarina Sobral, que em 2014 foi distinguida com o prémio internacional. A 54.ª Feira do Livro Infanto-Juvenil de Bolonha decorrerá de 3 a 6 de abril.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG