Há uma atriz mistério que veste a pele de... Ruca

Concertos de Natal chegam ao Porto e a Lisboa este fim de semana. Na equipa de 15 pessoas, a atriz que veste a pele de herói infantil não pode ser revelada

É ele que nos "salva" daquela birra infindável e que tantas vezes os ocupa aquele bocadinho necessário. Ou então também nos arrasta para o sofá para ver "só" mais um episódio. É o boneco delírio de milhares de crianças e um companheiro inseparável de todos os dias. O verdadeiro amigo de quatro anos que partilha as suas aventuras e os seus próprios momentos de aprendizagem juntamente com a sua família e com quem o segue religiosamente, na televisão ou no PC. Ele é o Ruca, um rapazinho que "embora pequenino, tem muito tino", como o próprio se apresenta no inconfundível genérico do programa.

Muitos talvez não saibam que o seu nome original é Caillou e que invadiu os corações dos mais pequeninos, no Canadá, quando foi lançado em 1997, no idioma francês, inspirado nos desenhos de livros franceses pré-escolares escritos por Christine L"Heureux e ilustrados por Hélene Desputeaux, as criadoras do pequeno personagem que está sempre à procura de aprender algo novo, e de compreender o mundo ao seu redor. E é envolto no imaginário infantil, para onde sempre regressa, que vai aprendendo as diferentes emoções e sentimentos, o comportamento, e as lições do quotidiano. Por cá, é amigo querido de muitas famílias portuguesas e este fim de semana pode ser inesquecível para os muitos que não vão perder a sua passagem pelo Porto, amanhã, e em Lisboa, no domingo.

Em tournée desde novembro, a série de concertos do Ruca leva a magia do melhor amigo das crianças com espetáculos repletos de cor, música, animação, dança e onde não falta a nova música: "O Pai Natal chegou à cidade". Estes concertos que chegam agora ao fim são repletos de surpresas e momentos marcantes, tais como a visita do Pai Natal, a chegada de um enorme Boneco de Neve, uma selfie tirada com o público e, ainda, a parada improvisada pelas salas e palcos. Para trás, ficam meses de preparação e trabalho para "tornar as crianças felizes". O Natal, afinal, acontece agora.

Identidade secreta do Ruca

A equipa de produção da Lemon Live Entertainment envolve 15 pessoas e segundo Tânia Figueiredo, creative manager, "o estar na estrada já é por si só um improviso". Passaram a época das festas juntos, estão neste momento em Madrid e chegam a Portugal amanhã, a tempo de fazer o chamado "spacing", adaptação do espectáculo a cada teatro por onde passam e que dura cerca de 30 minutos. E há rotinas que se cumprem todos os dias.

"Acordar, dar entrada no teatro, montar, fazer o espectáculo, desmontar, carregar o camião, jantar e partir para a cidade seguinte".-- revela. E é assim há um ano entre Portugal e Espanha. E como se explica aos filhos pequeninos que estão com o Ruca? "Usamos muito o seu próprio imaginário e dizemos que somos amigos do Ruca!", conta Tânia. E é precisamente para proteger o personagem e de certa forma o auditório infantil que o Ruca neste espectáculo é o Ruca.

A identidade da atriz que o interpreta em palco não pode ser revelada. Ainda assim, aceita explicar o que é para si encarnar uma personagem tão especial. "É, acima de tudo, muito gratificante. Por ser a personagem principal dos desenhos animados, acaba por ter mais impacto nas crianças e gerar mais reações. É muito interessante observar e sentir a emoção das crianças. Acaba por ser também essa a maior fonte de motivação", conta a atriz, por e-mail, a partir de Madrid.

As emoções dos pequeninos variam muito, "desde os que vão ao encontro do boneco sem medo nenhum, como aqueles que se assustam quando, no final do espetáculo, vão conhecer o amigo", conta. Quando tira o fato e a cabeça do Ruca - todo o figurino requer alta resistência física - fica o sentimento de dever cumprido, segundo conta a atriz que ainda não é mãe.

"É um cansaço extremo mas, ao mesmo tempo, uma grande felicidade. Ficamos também com o sentimento de missão cumprida. A minha parte preferida do espetáculo inteiro é aquela em que descemos ao público e interagimos com as crianças porque acredito que é aí que está o segredo de um espetáculo infantil.". A magia do Natal do Ruca amanhã, no Coliseu do Porto e domingo, em Lisboa, no Coliseu dos Recreios. Ambos os espetáculos estão marcados para as 15.00.

Exclusivos